Sexo oral faz mal?

voce-lava-ii

Tem pessoas que me acham muito sério e até sisudo; então, hoje eu resolvi falar de um assunto engraçado: você sabia que tem mulher que coloca sêmen, isto mesmo, esperma na comida?

Mas antes deixa eu explicar melhor: não é mistério pra ninguém que existem mulheres que têm nojo de sêmen e, pior, nojo até do seu próprio órgão sexual e por isso nem permitem a prática do sexo oral nelas mesmas.

E existe até uma máxima que explica que tanto a vagina como o pênis, evidentemente, pra estarem limpos…. é preciso lavar. E o ditado é bem assim: “Lavou, tá novo”.

Bem, nem sempre é assim, é lógico, porque limpo não quer dizer saudável. Uma pessoa pode estar limpíssima e não estar com a saúde sexual perfeita, mas isso é tema pra daqui a pouco.

O que eu prometi, e vou cumprir neste exato momento, é falar de um assunto engraçado, que é essa história de que estão usando sêmen pra misturar na comida, como tempero, sabe como é, né?

Se você preferir, assista ao vídeo. Se prefere ler, o texto prossegue logo abaixo.

Bom, vamos lá, porque já andaram até espalhando a notícia pela internet. Foi em Londres, capital da Inglaterra. Num desses programas que até viraram moda no Brasil, de aprendizes de cozinheiro, onde um bando de candidatos a cozinheiro fica levando esporro dos professores, um grupo resolveu incentivar os homens a levar o próprio sêmen pra cozinhar.

Acredite ou não,  o objetivo foi de ensinar os participantes do programa  a usarem o sêmen em aperitivos, pratos principais, pudins e até em bebidas.

Isso pra ressaltar o que seriam as propriedades do sêmen benéficas à saúde, que seriam as seguintes:

O sêmen ajuda a dormir bem, é antidepressivo, reduz a pressão sanguínea (isto mesmo, a famosa pressão alta), está cheio de vitaminas e tem a capacidade de retardar o envelhecimento.

Essa história de antidepressivo teria sido inclusive comprovada por estudos nos Estados Unidos também, onde mulheres que fazem sexo sem preservativo já sentiriam esses efeitos porque as substâncias benéficas penetrariam no sangue em poucas horas, segundo essas pesquisas.

Bom, isso seria uma forma talvez irresponsável de incentivar o sexo sem proteção num tempo tão cheio de perigos, mas sobre isso a gente fala também daqui a pouquinho.

Já os efeitos benéficos sobre a pressão sanguínea teriam sido comprovados na Holanda, ou seja, o tal do uso na culinária foi na Inglaterra mas o apogeu do prestigio do sêmen seria de âmbito internacional, veja só.

Mas é lógico que, por mais que a gente não queira ser sisudo, o canal não iria falar as coisas assim de forma irresponsável.

Tudo isso foi pra dizer que a composição do sêmen realmente não afeta a saúde da mulher e que ele contém vitaminas, cálcio, potássio e inclusive magnésio, que é um mineral importantíssimo que praticamente toda a população não tem em dose suficiente no organismo devido à pobreza da alimentação da maioria das pessoas. (A composição completa está no vídeo acima)

Mas é lógico que tanto a composição do sêmen como o sabor e o cheiro – também já existem pesquisas científicas que comprovam isso – depende também da alimentação do homem, do fato de ele fumar ou não, de beber ou não, porque é lógico que o álcool e o tabaco acabam influenciando na qualidade do sêmen e também no seu sabor e odor.

Ou seja: o homem que fuma, que bebe e que tem uma alimentação ruim pode acabar fazendo seu sêmen também ser invadido por coisas ruins e as toxinas vão acabar prejudicando quem engole essa alimentação, digamos, pouco peculiar.

Assim como o cheiro da mulher também é influenciado pela alimentação e por tudo o que ela come, cheira, bebe… você me entende né????

Mas calma, ninguém aqui vai recomendar uma xícara de sêmen todas as manhãs. Este vídeo é apenas pra acalmar um pouco essas mulheres que acham o esperma uma coisa nojenta.

Mas os cuidados têm que continuar porque, como nós já dissemos, a saúde tanto do homem como da mulher depende não de ele ou ela estarem limpos, mas sim do que está correndo no sangue, e isso você não consegue ver a olho nu, sem trocadilho.

Um simples beijo pode transmitir doenças como herpes, por exemplo, entre outras doenças graves, imagine então a carga viral que tem no sêmen.

E só tem uma forma, ou melhor, duas, de você saber se, além de limpos, seu companheiro ou companheira são sadios: exame de sangue. E fidelidade conjugal, pra não haver contaminação de nenhum dos dois.

Você confia? Então, se tem certeza absoluta (mas será que isso é possível???), e se gosta do aperitivo, pode se servir à vontade…

Aproveite para assinar nossa lista e ganhar, totalmente de graça, o e-book sobre saúde da mulher e do homem.

Deixe aqui o seu recado

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.