Baixa testosterona faz muito mal à sua saúde

Baixa testosterona faz muito mal à sua saúdeEste tema interessa tanto a homens como a mulheres. E se você está entre os que acham que a baixa testosterona interfere apenas na sua sexualidade, este artigo também é para você. Pois é muito mais do que isso. A baixa testosterona faz muito mal à sua saúde.

É lógico que a baixa testosterona interfere na sua sexualidade, mas os efeitos no seu organismo são muito mais danosos do que você imagina.

Muitas pessoas têm medo de fazer reposição hormonal devido a uma crença que se espalhou de que isso poderia causar câncer. No entanto, continuam bebendo refrigerantes, fumando e cometendo várias agressões ao organismo. Essas atitudes, sim, é que, comprovadamente, provocam câncer.

Consulta é indispensável

Você não pode fazer reposição hormonal sem consultar um médico. A menos que recorra a meios ilegais de adquirir o hormônio, que é necessário, conforme já dissemos, tanto para homens como para mulheres.Baixa testosterona faz muito mal à sua saúde e exige consulta

Para resolver seu problema você pode consultar um urologista ou um endocrinologista. Ele vai pedir exame de sangue e, dependendo dos seus sintomas, pode pedir outros exames também.

A testosterona deve ser do tipo bioidêntico, e não a chamada testosterona sintética. Como o nome diz, a testosterona bioidêntica tem composição biológica que reproduz a composição idêntica àquela da testosterona produzida pelo seu próprio organismo.

Baixa testosterona faz mal ao coração

Caso você não saiba, a baixa testosterona pode causar efeitos danosos inclusive ao seu coração. Isso mesmo. Problemas cardíacos, segundo Baixa testosterona faz muito mal também ao coraçãomédicos e nutrólogos, também podem surgir devido aos baixos índices de testosterona.

É verdade que os efeitos muito ruins também vão surgir na sua sexualidade, mas não são os únicos. Em termos de sexualidade, e vamos falar aqui primeiramente no caso dos homens, a baixa testosterona provoca dificuldades de ereção e baixa libido. Ou seja, a diminuição ou mesmo a ausência de interesse sexual.

Um sintoma muito evidente, que está relacionado aos índices insuficientes de testosterona, é a ausência de ereções matinais espontâneas. São aquelas ereções que ocorrem quando você acorda, mesmo que não esteja pensando em sexo. E isso pode começar a surgir a partir dos 40 anos, ou antes dessa idade, devido a problemas de alimentação, obesidade, vícios, problemas de circulação sanguínea e diabetes, entre outros.

Portanto, como já frisamos, além de precisar de receita médica para adquirir a testosterona, você necessita também saber se tem alguma doença ou deficiência crônica.

Outra questão é que a falta de ereção pode ter outra origem que não seja exatamente a baixa testosterona. E você só vai descobrir se consultar o médico e fizer os exames que ele recomendar.

Baixa testosterona faz muito mal à sua saúde

Agora, vamos citar outros problemas que podem ocorrer devido ao baixo índice de testosterona:confusão mental

Confusão mental e falta de memória – Como o seu sistema nervoso também é afetado, você pode ficar mais impaciente, mal humorado, ter dificuldade para se concentrar em suas atividades ou começar a sentir problemas de memorização.

Não pense logo que está sendo atacado pelo terrível mal de Alzheimer. O fato de sua memória piorar pode ser consequência da baixa testosterona.

A baixa testosterona é algo tão sério que pode afetar o seu humor, tornando você mais irritável. E, mais do que isso: os sintomas podem evoluir e você ficar deprimido.

Como você deve saber, a depressão é uma doença muito séria e tem se tornado cada vez mais frequente. Muita gente confunde depressão com tristeza passageira, mas isso é um engano. Saiba que a depressão tem sido responsável pelo aumento de suicídios em todo o mundo.

Fraqueza óssea, fadiga, desânimo

Baixa testosterona faz muito mal à sua cabeçaAlém da dificuldade de construir e de manter músculos, a baixa testosterona provoca diminuição da massa óssea, resultando na osteoporose. Com isso, você estará mais sujeito a fraturas. É lógico que isso se agrava ainda mais com o avanço da idade. Pessoas com mais de 65 ou de 70 anos devem redobrar os cuidados e tratar logo de tomar as providências.

Outro sintoma da baixa testosterona é o cansaço físico. Fadiga, falta de disposição física, desânimo para executar tarefas que antes lhe pareciam fáceis podem começar a ocorrer. Mas isso também pode ser resultado de outros fatores. Daí a necessidade, voltamos a frisar, de consultar o médico.

Muito mais riscos

Você tem notado que está cada vez mais gordo? Pois é. Os baixos índices de testosterona provocam também o ganho de gordura. E o pior: essa gordura se acumula principalmente na região abdominal, a popular barriga.Barrigudo

Estudos médicos comprovam que a gordura abdominal aumenta o risco de ataques cardíacos. Quanto mais barrigudo, mais você corre o risco de sofrer um infarto.

Muitas pessoas associam a calvície à reposição hormonal. Mas é exatamente o contrário. A baixa testosterona prejudica o crescimento de pelos em várias partes do corpo. Vamos explicar melhor aqui: ela não provoca a queda de cabelos, mas inibe, ou seja, diminui o crescimento dos pelos.

Em resumo: você pode ser calvo mesmo se sua testosterona estiver normal, pois isso é causado por outros fatores. Mas se a testosterona estiver muito baixa, o crescimento de pelos vai ser prejudicado. Percebeu a diferença?

Insônia e cansaço

Insônia e cansaçoFinalmente, a baixa testosterona pode causar insônia. Isso mesmo. Você passa a ter dificuldade para dormir. Além disso, seu sono pode se tornar menos reparador. Em outras palavras: mesmo que você consiga dormir, vai se sentir menos relaxado e mais cansado ao acordar. E isso, evidentemente, afeta a sua produtividade.

Os níveis de testosterona normais nos homens chegam a ser 30 vezes maiores do que nas mulheres. Isso faz com que a testosterona seja considerada um hormônio masculino. Mas, apesar de todas as controvérsias, a mulher também pode precisar fazer essa reposição hormonal, com o cuidado de não exceder os limites, pois isso levaria ao risco de aumentar os pelos ou provocar outros efeitos danosos na mulher.

Por isso mesmo, no caso das mulheres, os cuidados devem ser mais rigorosos, o que serve também quanto aos níveis de recomposição. Mas a baixa desse hormônio também causa efeitos nas mulheres parecidos com os que são provocados nos homens, incluindo a baixa libido, a fadiga, o ganho de peso e outras consequências indesejadas.

Mulheres também precisam

A queda da testosterona na mulher ocorre principalmente após a menopausa. Nas mulheres jovens, pode ocorrer devido ao uso Mulheres também precisamcontinuado de anticoncepcionais, a uma alimentação irregular, ao sedentarismo e aos momentos de estresse. Então, a mulher também não deve se descuidar com relação aos seus níveis de testosterona. Apenas deve se preocupar em consultar um endocrinologista que faça essa reposição de forma criteriosa, mantendo controle dos seus efeitos.

Voltando ao público masculino, muitos homens, ou por desconhecimento, ou por vergonha, não admitem que já sofrem algum grau de disfunção erétil, a chamada impotência sexual. Outros sequer admitem que possam estar com esses sintomas, imaginando que é uma situação passageira ou que a disfunção ocorre apenas em homens de muito mais idade.

Mas isso não é verdade. A impotência sexual, por vários fatores, tem acometido um número cada vez maior de jovens. Uma prova disso é que se tornou crescente o número desses jovens que recorrem às pílulas para ereção, quando um exame médico, os cuidados recomendados e as alterações no estilo de vida poderiam resolver esse problema sem o uso de tantas substâncias químicas.

Jovens também têm

Existem também os que acreditam que a reposição hormonal não deve ser levada a sério ou que deva ser feita apenas no caso de homens jovensmais velhos.

Uma nova filosofia na medicina preconiza que a velhice pode até deixar de existir ou ser adiada ao máximo, caso os cuidados indispensáveis passem a fazer parte da rotina, tais como exercícios físicos regulares, boa alimentação, o fim de vícios como cigarro e bebidas alcoólicas em excesso, bem como a reposição de hormônios cuja tendência é a de irem realmente baixando de produção no organismo com o avanço da idade.

Daí a necessidade de reposição, não apenas da testosterona, como de outros componentes indispensáveis à saúde, como a melatonina, que melhora a qualidade do sono, além da vitamina D3, indispensável à boa saúde.

Quem é o velho?

Assim, se você é desses jovens que costumam tratar com desdém e até com desrespeito as pessoas de mais idade, isso pode ser umQuem velho sintoma de que o verdadeiro velho é você.

Cuide-se, portanto, porque a frase que você pode ouvir dessas pessoas de mais idade é a seguinte: eu cheguei a essa idade porque soube cuidar de mim. E pretendo avançar muito mais. Resta saber se você vai conseguir isso. E só o tempo e os seus cuidados irão dar essa resposta.

Portanto, cuide-se. A menos que queira impedir a si mesmo(a) de chegar à idade daqueles a quem você chama de velho. Ou de velha.

 

Clique AQUI para assistir ao vídeo

Deixe aqui o seu recado

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.