Relação e orgasmo/Qual a distância entre os dois?

Relação e orgasmoQual a distância entre os doisCertamente este é mais um caso de vídeo (acesso logo abaixo) que sofrerá barreiras de monetização pelo YouTube. Mas chegou a minha vez de fazer uma pegadinha com o YouTube. Porque, muito mais do que um vídeo sobre sexualidade, o assunto aqui está mais ligado a comportamento e relacionamento.

Mas para não tirar a oportunidade de êxtase limitador do Youtube, vamos começar com uma perguntinha ligada à sexualidade: se o clitóris da mulher tem muito mais terminações nervosas relacionadas ao prazer do que a glande do homem, por que será que o homem chega ao orgasmo mais rápido do que a mulher? Ou muitas vezes a mulher nem chega?

Pois é: a resposta está naquilo que mencionamos logo no início: relacionamento e comportamento.

A primeira vez…

Muitas pessoas dão importância a questões secundárias que acabam não tendo importância nenhuma se o principal não for levado em Relação e orgasmoconta.

Quer uma prova disso? Pergunte a qualquer mulher que tenha tido sua primeira relação sexual ainda muito jovem o que ela achou. A gritante maioria vai dizer que não foi bom. Muitas vão dizer que foi ruim. E algumas vão dizer até que foi péssimo.

Isso vai depender também de quem foi o parceiro nessa relação. Muito jovem e inexperiente como ela? Foi tudo muito rápido? Existia um convívio harmonioso e carinhoso antes de partirem para os finalmente?

O agora mais importante

É impressionante que as pessoas não entendam algo que é fundamental: o que vem antes é mais importante do que o agora. Ou, dito de outra forma: o que vem antes é que torna o agora importante.

Isso extrapola a sexualidade propriamente dita. Estamos falando de comportamento e de relacionamento.

Um casal que tenha um relacionamento carinhoso, atencioso um com o outro, que leve uma vida harmoniosa, certamente tem muito mais condições de fazer da relação sexual um ato muito mais prazeroso.

Transa geral

Relação e orgasmo na amizade antigaA mulher, ou mesmo o homem, pode ser inexperiente, mesmo numa relação assim? Se formos levar em conta o número de relações que os dois tiveram, vai ser difícil dizer que são inexperientes, se considerarmos que todo mundo anda transando. E não estou sendo moralista, não. Estou apenas me referindo à realidade. Mas o resultado bom ou ruim não depende apenas da frequência das relações que tiveram na vida, mas da qualidade dessas relações.

Então, mesmo no caso meio raro, hoje em dia, de algum dos dois, ou ambos, serem inexperientes, ainda assim o comportamento e o relacionamento, sendo harmonioso e carinhoso, vão permitir que eles descubram mais e mais prazer juntos.

O amor fora de moda?

É lógico que informação é de fundamental importância, porque tem muita gente que acredita que entende de sexualidade. E não entende nada.Relação e orgasmo e o amor

É comum as pessoas darem uma importância extrema ao tamanho do pênis, por exemplo. É lógico que, se o homem tiver um pênis excessivamente pequeno e fino, isso pode lhe criar muitas dificuldades. No entanto, obviamente, não é apenas o tamanho do órgão sexual que importa, mas sobretudo a habilidade do homem na cama, o fato de ele ser carinhoso ou não e, fundamentalmente, se ele gosta realmente da sua parceira.

Porque estamos vivendo a era do desamor. As pessoas cultivam muito mais a morte e o ódio do que a paz, a harmonia, o carinho. E o amor, para muitos, é apenas uma bobagem de pessoas consideradas muitas vezes como se fossem bobos românticos atacados por algo que seria indício de atraso ou que não está na moda.

Zonas erógenas. Conhece?

Relação e orgasmo e zonas erógenasAlém disso, muitos homens não conhecem nem mesmo a anatomia feminina. Eles ouvem dizer que o clitóris é órgão mais sensível ao prazer, no corpo da mulher, e é realmente. Contudo, não sabem nem como explorar adequadamente essa sensibilidade, partindo para gestos e atitudes que, em vez de causarem prazer, vão provocar desconforto na parceira. E ignoram também que existem muitas outras zonas erógenas que podem provocar muito prazer caso sejam exploradas da forma correta.

E o que seria essa forma correta? Primeiro, conhecer essas regiões de prazer, que se estendem por todo o corpo, incluindo até mesmo os pés, o que muitos não sabem. Em segundo lugar, adotando como prática a suavidade, a leveza, o carinho.

Isso na parte comportamental. Mas, se fora da cama a relação for ruim, tudo se torna mais difícil. Ou até impossível. Isso diz respeito, portanto, ao relacionamento.

O que aconteceu com você?

Como nós sempre ressaltamos em todos os vídeos e artigos, não é possível abordar todos os detalhes de uma só vez, pois precisaríamos de muito tempo e as postagens ficariam longas demais.Relação e orgasmo e sua história

É preciso lembrar, para citar apenas mais um exemplo, o quanto a história de vida tem influência numa relação a dois. Uma mulher pode não chegar ao orgasmo durante a penetração por uma série de motivos, entre os quais sua história de vida.

Mas esse e outros fatores têm que ser avaliados e descobertos. E para isso é indispensável que características primordiais estejam presentes, como diálogo, afeição, habilidade, amor verdadeiro, experiência e conhecimento. E essas descobertas não acontecem do dia para a noite. Porque, é bom que se diga, muitas pessoas não gostam de se descobrir, preferem se esconder dentro de si mesmas. Exatamente por isso muitos rejeitam, por exemplo, fazer psicanálise ou mesmo falar em psicologia. Fingem que entendem dessas especialidades para dizerem que não acreditam.

Mas é lógico que nem sempre precisa chegar a tanto. Nem sempre é necessário fazer uma terapia. Mas, para não precisar, você necessita muito mais do que uma rapidinha com as devidas preliminares.

A Ciência comprova

Relação e orgasmo e o clitórisVou dar a você uma informação científica: o clitóris tem 8 mil terminações nervosas sensíveis ao prazer. A glande, aquilo que você chama de cabeça do pênis, tem apenas 4 mil, ou seja, metade.

Conhecimento, sensibilidade, carinho, atenção e habilidade estão entre as exigências para você tornar mais curta a distância entre a relação sexual e o orgasmo na mulher.

E isso vale também para a relação sem penetração, é bom que se diga. Porque, conforme já frisamos, sem essas prerrogativas vai se tornar difícil ou impossível obter o verdadeiro prazer numa relação.

 

 

Recado Secreto FANPAGE

Deixe aqui o seu recado

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.