Recado a estuprador: você é um frouxo!!!

Recado a estuprador: você é um frouxo!!!

Homens e mulheres estariam igualmente convencidos de que “a mulher que usa roupas provocativas não pode reclamar se for estuprada”. O percentual de pessoas que pensam dessa forma chegaria a 30 por cento, segundo o resultado de uma pesquisa divulgada pelo jornal Folha de São Paulo.

Ora, que esse raciocínio é de uma estupidez fenomenal, fica fácil concluir.

O que não se menciona (pelo menos eu não tenho visto) é a grande contradição que existe nesse raciocínio, e que torna a frase ainda mais estúpida. E mais surpreendente quando se sabe que tanto homens como mulheres têm a mesma opinião no mesmo percentual.

Eu posso responder diretamente aos estupradores: Você é o grande culpado, porque é um frouxo que não tem respeito nem por você mesmo. E própria frase demonstra isso. Só que ninguém aparentemente quer ver, muito menos os estupradores.

Ora, se a mulher quer que você faça sexo com ela porque está usando roupas provocantes, imbecil, você não precisaria estuprá-la.

Ela mesma se entregaria a você sem que você precisasse forçar a relação, muito menos ainda usando de violência.

Continue lendo abaixo do vídeo ou vá direto ao vídeo a seguir:

Lógico: ela “te provocou”, então quer que você faça sexo com ela. Então por que você precisa chegar ao ponto de estuprá-la?

Então, o título desse vídeo, que nem precisa ser muito longo, porque é simples de entender, poderia ser:

Estupro MACHISMO ou baixa autoestima?

Porque o que acontece é que o estuprador é um sujeito que força uma relação, certo? Usando de violência, certo?

E se a violência é praticada isso significa que a mulher não quer, certo? Tanto que você partiu pra violência, o que não seria preciso se ela quisesse, certo?

Sabe por que? Porque você não se garante. Não é macho o suficiente para conquistar uma mulher. E também não tem autoestima, porque está praticando sexo com uma mulher que não te quer, que pode até estar sentindo nojo de você, tanto que só consegue isso na base da violência, da força bruta.

E não sabe valorizar uma relação sexual espontânea, com uma mulher que te queira de fato, o que significa que você não tem amor próprio, não tem respeito por si mesmo, não tem autoestima, não se garante, e deve ser desses que ficam chamando de vagabunda toda mulher que usa roupa que você acha indecente.

Mas na verdade o vagabundo, o sem vergonha, é você. É você que se entrega, e não ela.

Porque ela não se entregou. Quem se entregou foi você. Se entregou à sua fragilidade (fraqueza moral). Se entregou à péssima imagem que você tem de você mesmo. Se entregou à sua falta de amor próprio. Se entregou à sua incapacidade de sequer resistir a uma mulher que você acha que está querendo te conquistar. Mas não está, tanto que você teve que agredi-la. Porque você, se for doente,  precisa de um tratamento. E se não for, é porque você é um frouxo. E eu acho que é a mistura das duas coisas: é um cara que precisa de tratamento e é um frouxo. Então procura ajuda, cara.

Se você, para conseguir uma mulher na cama, precisa partir para a violência, você é um frouxo. Tem alguma dúvida disso?

E você, mulher, que fica indo na onda dos homens de mau caráter, concordando com essa frase imbecil (“… não pode reclamar se for estuprada…”), você também é uma imbecil.

Acho que não é preciso dizer mais nada, não é mesmo?

Deixe aqui o seu recado

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.