Como é que a gente fica melhor ou pior logo num primeiro contato

homem-horroroso

Que a primeira impressão é a que fica ninguém mais duvida: você pode atrair ou rejeitar amores e amizades logo num primeiro contato, porque existem coisas insuportáveis num primeiro encontro e outras que você deve fazer quando tenta aproximação tanto para o amor como para a amizade.

No caso do amor, cantadas manjadas logo no primeiro encontro são as consideradas mais terríveis. “Com licença, seu pai é doceiro? Porque você é um sonho”…Isso sem contar as mais bizarras e grosseiras, do tipo “Linda, me chama de papel higiênico e venha ter um rolo comigo”.

Só caindo na gargalhada se você acha que vai conquistar alguém dizendo uma coisa dessas.

Outra boa chance de você espantar logo no primeiro encontro é não cuidar da aparência. E evidentemente não estamos falando de beleza, pois isso é gosto pessoal. Estamos falando de cuidados com higiene, saúde, o jeito com que cada um cuida de si próprio. E se você tem caspa, por exemplo, tem que cuidar disso o mais urgente possível.

Assista ao vídeo ou continue lendo mais adiante:

Nem seria preciso, é lógico, citar a falta de higiene, a menos que você queira conquistar uma porca ou um porco. E mesmo assim vai ter que se cuidar para não demonstrar que é mais porco ou mais porca ainda do que ele ou ela, porque do contrário só você vai acabar com fama de quem não dá importância à limpeza.

Mas na lista dos comportamentos inconvenientes tem um bem moderninho, vamos dizer assim: ficar o tempo todo prestando atenção no celular ou pendurado nas redes sociais, a ponto de esquecer até com quem está conversando. Isso é de irritar qualquer um. Ou qualquer uma.

Demonstrar honestidade e franqueza pode ser difícil para os fingidos e desonestos. Mas que tal aproveitar a oportunidade para livrar-se de maus hábitos? Outra coisa é você saber se destacar numa conversa, demonstrando personalidade, firmeza e o que tiver de melhor em matéria de conhecimento.

Mas veja bem: falamos em conhecimento. Não adianta ficar falando daquilo que não entende para tentar impressionar. Se o seu interlocutor ou interlocutora for um pouquinho mais instruído do que você, você vai passar de ignorante a ridículo. Porque não tem nada mais ridículo do que tentar ostentar um conhecimento que você não tem.

Outro ponto importante: Interessar-se pela pessoa não é submetê-la a um interrogatório, certamente. Mas fazer perguntas significa também uma demonstração de interesse, ou seja, de dizer que você se importa bastante com quem está conversando. Mas, por favor, não fique se referindo aos seus relacionamentos anteriores nem pergunte a ela ou a ele como foram esses relacionamentos.

Demonstrar bom humor, como já dissemos em vídeos anteriores, é outro dado importantíssimo, bem como deixar claro que você sabe ouvir e não apenas ficar falando o tempo todo.

Todos esses itens, embora em um resumo rapidíssimo, estão longe de representar a totalidade de como se comportar. Ou de como não se comportar. Não é tudo, mas já é um bom começo.

Deixe aqui o seu recado

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.