Como controlar a ansiedade e manter a autoestima

Pouco importa se você quer se casar ou não. É questão sua. Mas, se não quiser se tornar uma pessoa solitária, tem que saber como controlar a ansiedade e manter a autoestima.

Como controlar a ansiedade e manter a autoestima

Como nós sempre ressaltamos em nosso site e em nosso canal, existe, no mundo, todo tipo de gente.

Quando eu era professor universitário, um dos meus alunos sempre afirmava que não se importava com a solidão. E acrescentava que preferia conviver o dia inteiro com o computador dele do que com qualquer pessoa.

Como controlar a ansiedade e manter a autoestima  para ser feliz

Você quer viver isolado(a) do mundo?

É óbvio que existem pessoas assim no mundo, que preferem levar uma vida de ermitão.

Eu ouvi, certa vez, um depoimento curioso de um sujeito que era desse tipo.

Ele fazia questão de viver isolado no mato. E sabe qual era a diversão dele? Mirar um ponto no horizonte e caminhar em linha reta, ultrapassando montanhas, rios ou qualquer tipo de obstáculo, até atingir esse ponto que ele viu de muito longe.

Como controlar a ansiedade e manter a autoestima do casal

Estar sozinho(a) tem significados diferentes para cada pessoa

Essa questão de gostar de estar sozinho(a) pode, ou não, ser algo sadio. Uma coisa é você saber viver em paz, independentemente de ter uma pessoa a seu lado.

Ou seja: são pessoas que não encaram a solidão como um fim de mundo, mas sim como uma forma prazerosa de conviverem consigo mesmas.

São, em síntese, pessoas que veem, nelas mesmas, uma boa companhia. E isso não tem nada demais.

Até porque, isso não significa que elas rejeitem a presença de outras companhias. Apenas ficam em paz quando estão sozinhas. Em resumo: não ficam angustiadas.

Buscar a solidão e o isolamento constante pode ocorrer com quem não sabe controlar a ansiedade e manter a autoestima

Buscar isolamento constante pode ser indício de ansiedade e baixa autoestima

Outra coisa é buscar a solidão e o isolamento constante, de forma deliberada. Isso significaria um comportamento antissocial.

Se não se incomodam, se não se sentem angustiadas e se não fazem mal a ninguém, tudo bem.

De qualquer modo, certamente existe um fator que influenciou a vida dessas pessoas para gostarem desse isolamento constante.

E, se isso as incomoda, devem, evidentemente, buscar a razão desse impulso ou desse comportamento para resolverem algo que pode se tornar um problema na vida delas.

controlar a ansiedade e manter a autoestima está fora do alcance de muita gente

Controlar a ansiedade e manter a autoestima pode ser difícil. Mas tem solução

É difícil classificar as pessoas como normais ou como anormais. São conceitos abstratos que dependem de muitos fatores e de muitas circunstâncias.

Preferimos, de nossa parte, classificar como anormais apenas as pessoas que desejam somente o mal dos outros, sejam adultos ou crianças.

Se desejam o mal ou maltratam crianças, ou as machucam, esse é um caso mais grave.

A nosso ver, não são apenas anormais: são verdadeiros monstros. E a lei tem que ser aplicada com o maior rigor nesses casos.

E o que é que podemos classificar como pessoas normais?

Aquelas que, mesmo não se importando de ficarem sozinhas, têm um comportamento de sociabilidade.

Ou seja: não rejeitam o convívio em sociedade.

Podem até ter poucos amigos, mas são sociáveis.

Afinal de contas, como diz o ditado, o ser humano é, por natureza, um animal social.

Ansiedade e autoestima não dependem de estar solteiro ou casado

Controle da ansiedade e autoestima podem não ter relação direta com relacionamentos

Nada demais, podemos acrescentar, se preferem ficar solteiros ou se preferem se casar ou apenas buscar um relacionamento, ainda que não aderindo ou não aceitando a instituição do casamento.

Até porque, isso pode variar conforme a fase da vida em que se está vivendo. Ou alguma circunstância específica. Como, por exemplo, ter tido alguma grande decepção amorosa ao se casarem.

Há, porém, situações também específicas que dificultam esse convívio social ou amoroso.

Daí a necessidade de saber como controlar a ansiedade e manter a autoestima.

E é exatamente isso de que estamos falando neste artigo: pessoas demasiadamente angustiadas ou que padecem de baixa autoestima.

Porque, nesses casos, é inevitável reconhecer: são duas situações que dificultam não apenas o relacionamento amoroso e o casamento, como o próprio convívio social.

Mas, este artigo já está ficando demasiadamente longo.

Sugerimos a quem estiver interessado(a) que clique nos banners inseridos nesta página.

Serão encaminhados a duas soluções: uma para controlar a ansiedade e outra para aumentar a autoestima.

Especialmente no momento que estamos vivendo, em que as pessoas precisam se manter dentro de casa para se protegerem da pandemia que tem ceifado milhares de vidas, diariamente, é altamente preocupante o aumento de casos de ansiedade.

Aprenda como controlar a ansiedade e manter a autoestima

Fica evidente o quanto as pessoas estão pouco preparadas para a vida. E o quanto ainda carregam um alto grau de falta de sociabilidade, a ponto de passarem a ter um comportamento tantas vezes repulsivo dentro de casa.

Isso, evidentemente, é ainda mais agravado pela pandemia.

Já na questão da autoestima, esse estado se revela em várias circunstâncias, mesmo quando não exista a atual situação de necessidade de distanciamento social.

Então, acesse os banners horizontais, conforme o caso em que se ache inserido(a).

Você vai saber como controlar a ansiedade e manter a autoestima.

Boa sorte e viva feliz.

Porque, quem é feliz, não deseja nem quer a infelicidade de ninguém.

E-book GRÁTIS: É possível encontrar o relacionamento ideal para curtir com prazer e felicidade sua vida amorosa?

Gerson Menezes

Escritor (com 9 livros publicados), jornalista, empresário, professor universitário (durante 10 anos), empreendedor digital e youtuber. Os livros podem ser encontrados na livraria virtual Amazon e na Thesaurus Editora.

Website: https://recadosecreto.com.br

    Deixe aqui o seu recado