Vai e vem. Isso vai dar errado

Vai e vem. Isso vai dar errado

Vai e vem. Avança e recua. Isso não dá certo

Vamos logo chegar a um acordo: paixão é algo muito complicado, que pode complicar sua vida.

Se amor é complicado, imagine então a paixão.

Nós já frisamos em várias oportunidades que é necessário haver equilíbrio num relacionamento. Porque relacionamento, conforme costumamos dizer, é como andar numa corda bamba: se você não tiver equilíbrio, acaba caindo.

E dissemos recentemente que, além dos 14 problemas que poderiam abalar um relacionamento, essa lista poderia ser maior. Agora vamos mencionar mais um. Se você quiser que eu cite outros na semana que vem, deixe aí o seu pedido nos comentários. Se mais de 20 pessoas pedirem que eu fale sobre isso, eu faço mais um artigo desse tema na semana que vem.

Lista que sempre aumenta

Bom, é fácil comprovar, portanto, que fica impossível dizer o que é pior, porque a lista sempre se estica.

Avança e recua

Mas pode se tornar fácil você perceber, a partir dessa nossa lista. o que está sendo pior no seu relacionamento.

Uma das piores é o avança e recua.

Calma, não estamos falando do ato sexual em si. Nesse o avança e recua é ótimo, não é mesmo?

Estamos falando da avançar e recuar no seu comportamento.

Isso ocorre muito nas relações frágeis. É quando, de um lado, a pessoa faz de tudo para segurar o parceiro ou a parceira. E de outro quando a pessoa está se beneficiando dessa situação de alguma maneira.

Como se fosse um bebê

Há no primeiro caso uma dependência psicológica dessa pessoa que quer segurar a relação de qualquer jeito, e acaba tratando o outro ou a outra como se fosse um bebê que necessita de cuidados. Aí o outro ou a outra se beneficia ou se aproveita dessa situação. Avança em situações que acabam desagradando e recua toda vez que percebe que essas atitudes colocam em risco uma relação que, caso seja rompida, acabará com seu status de aproveitador da situação.

Esses episódios acabam ocorrendo quando, por exemplo, o parceiro ou a parceira pede que algo seja feito ou seja atendido e o outro se recusa a atender, na certeza de que sua recusa será aceita sem dificuldade. E quando não é aceita, recua na negativa e acaba fazendo ou atendendo ao pedido.

É um caso típico do avança e recua. E o fato é que essa relação é frágil, porque ambos os lados ficam na corda bamba, como já mencionamos, tentando se equilibrar de qualquer maneira.

É uma relação fragilizada pela incerteza, por brigas que até não se prolongam, mas representam, de qualquer modo, um desgaste, porque se repetem com muita frequência.

Então, fique atento ou atenta a essa situação do que chamamos de avança e recua, o que pode ser resolvido com um diálogo franco para saber se, afinal, é uma relação marcada pela paixão e dependência psicológica, de um lado, é pela situação de apenas conforto, mas muitas vezes sem amor e sem reciprocidade.

 

Leia mais sobre relacionamento no blog PegSeuEbook clicando aqui.

Visite e curta a fanpage do Recado Secreto AQUI.

 

Deixe aqui o seu recado

Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes. Ao continuar navegando neste site, você concorda com o uso de cookies.