Participe da enquete do prazer com todos os frequentadores

As pessoas só fazem alguma coisa na vida ou por prazer, ou por necessidade. Procure encontrar uma terceira motivação. Não encontrará. Todas essas outras coisas que você vier a achar vão se encaixar em prazer ou em necessidade. E sexo se encaixa em ambas: pode (e deve) ser feito com prazer, mas também é uma necessidade. E por nisso, desde agora, convidamos você para que participe da enquete do prazer com todos os frequentadores do site e do canal no YouTube.

Existe prazer quando há tesão. É necessidade porque, depois de algum tempo (e esse tempo varia de pessoa a pessoa) quem gosta começa a sentir falta, ou seja: é necessidade.

Quem diz não sentir falta

Há homens e mulheres que dizem nunca sentir falta. Hipocrisia? Falsidade? Mentira? Fingimento? Falso moralismo? Doença?

Pode ser uma coisa ou outra, ou pode ser tudo ao mesmo tempo. Mas, se você não sente falta de sexo, pode estar faltando algo em você. Ou, como já explicamos, você pode ser assexuado ou assexuada. E, neste caso, não tem nada de errado.

A assexualidade existe, como nós já explicamos em vários vídeos. São pessoas que não sentem falta de sexo. Mas é diferente de quando a pessoa já sentiu desejo sexual e, de repente, deixou de sentir.

Nesse caso não seria assexualidade, mas algo que ocorreu e que mudou essa sua necessidade por sexo. Se está incomodando, é preciso investigar a causa.

Quem diz não sentir falta

Assexuado, participe também da enquete do prazer com todos os frequentadores

Se for um assexuado ou uma assexuada, como também já explicamos, essa falta de sexo não vai incomodar. A pessoa simplesmente não sente necessidade. E não há com que se preocupar. Sexo faz parte da vida, mas não é tudo na vida.

Algumas pessoas que têm essa característica da assexualidade costumam se cobrar. Ou seja: se incomodam por não sentirem desejo.

Isso pode resultar mais da influência de outras pessoas, que dizem ser esquisito não sentir falta de sexo. E os assexuados começam a se cobrar.

Mas não têm que agir assim. Sexualidade é algo pessoal. Você não tem que se obrigar a sentir ou a deixar de sentir em função de outra pessoa. E muito menos do que outras pessoas dizem. É uma questão sua.

Portanto, também convidamos o(a) assexuado(a) para que participe da enquete do prazer com todos os frequentadores.

A liberdade de sentir

A liberdade de sentir (ou de não sentir)

Sexualidade tem que estar associada à liberdade de sentir. Se não sentir, não deixe que invadam a sua individualidade nem se sinta culpado ou culpada por não sentir.

E por falar em culpa, esse é um ingrediente que sempre atrapalha na sexualidade. Foi o que eu expliquei ao Mateus (assista ao vídeo, logo abaixo), que relatou estar sem libido, embora tenha apenas 20 anos de idade.

Enquete do prazer Participe

É lógico que a causa pode ser física, de saúde, ou psicológica, ou de fundo emocional. Mas, citar o fato de ter assistido a pornografia pode estar levando o Mateus a sentir culpa por ter assistido filmes pornográficos.

Participe da enquete do prazer e se liberte da repressão

Infelizmente, nossa sociedade repressora faz com que esse complexo de culpa também tenha influência muito negativa na vida das pessoas.

Isso acontece também no caso da masturbação. As pessoas são levadas a associar a masturbação a pecado e acham que masturbar-se causa impotência ou frigidez.

Mas não é a masturbação que causa, e sim a visão a respeito de um ato que, conforme também já explicamos, faz parte do desenvolvimento sexual, quando a criança percebe que tocar nos órgãos sexuais causa prazer.

Culpa, arrependimento, pecado?

Obviamente existem pessoas que continuam se masturbando na fase adulta. Eu conheço mulheres que sentem orgasmo apenas quando se masturbam. Tive acesso ao relato de um homem que se separou e que preferia se masturbar a ter contato com outras mulheres.

É tudo uma questão de preferência pessoal, que não pode se sujeitar a pensamentos repressores, que levam aos sentimentos de culpa, de arrependimento e de pecado.

Sexualidade tem que estar associada à liberdade de sentir ou de não sentir, sem que ninguém interfira. Desde que não interfira na liberdade do outro de fazer ou de não fazer, desde que não prejudique nem agrida nem obrigue o outro ou a outra a fazerem o que não querem fazer, não tem nada demais. É ato individual, que precisa ser respeitado.

Liberdade de sentir ou de não sentir prazer

Sexo é o início da vida

Voltando ao termo tesão, ou prazer, até no vocabulário utilizado quando se fala em sexo fica claro, conforme já assinalamos neste site, que sexo é vida.

Quer ver? Costuma-se usar muito a palavra esperma. Mas, na verdade, o termo correto seria sêmen. E sabe o que é sêmen? É semente. E semente significa vida. É o início da vida. Sêmen e óvulo se encontram para produzir vida.

Tesão é excitação sexual, vontade de praticar o sexo, desejo. Mas o significado é mais amplo, pois o termo pode ser entendido como vontade sem necessariamente estar associado a sexo.

Ter tesão em ficar perto de alguém. Num dicionário que se diz Informal na internet, uma colaboradora  opina que tesão também  “é vontade de ter, de ser, de estar, de querer, de fazer acontecer. Vontade de realizar um sonho …”, e por aí vai.

Sexo é o início da vida

O que atrai homens e mulheres?

E surgem as perguntas inevitáveis: o que atrai as mulheres? O que faz com que elas sintam desejo? E os homens, o que os atrai?

Há mulheres que juram: não se sentem atraídas por músculos, embora não condenem aqueles que vão à academia todos os dias.

Mas elas garantem que sentem mais tesão pelo cheiro, pelo olhar, pela voz, pela forma como o homem sorri, pela inteligência e pela personalidade.

E os homens? Estes são tachados de mais visualmente atraídos. Ou seja, como disse o poetinha: beleza seria o fundamental, embora beleza esteja associada a gosto. E gosto seja pessoal.

Mesmo assim, está associado à imagem do gosto masculino que a aparência física, a beleza, estaria muito acima de qualidades como a personalidade e a inteligência da mulher.

Participe da enquete do prazer seja homem ou mulher e demais frequentadores

Será que isso é verdade? Será que todo homem consegue conviver com uma mulher que, na definição dele, é destituída de inteligência? E mulher, tolera homem que ela considere burro?

Só para mulheres

Tudo isso pode ser um mito. Pode na verdade divisar a diferença que existe entre amor e aventura. Pode estar associado a conceitos ultrapassados. Até porque – e são elas que dizem isso – muitos homens, quando são inseguros, na verdade sentem até medo de se sentirem apaixonados por mulheres muito bonitas.

É uma boa discussão que se abre neste canal e no site recadosecreto.com.br.

Você, mulher, diga o que lhe causa tesão. Você, homem, também se manifeste. Participe da Enquete do Prazer, manifestando a sua opinião logo abaixo, ou pelo e-mail que está no site Recado Secreto.

Diga o que lhe causa tesão. Publicaremos com ou sem o seu nome, ou com pseudônimo, ou apelido. Como você quiser. Mas participe!!!

É uma grande oportunidade que se abre para que o amor, a paixão, o desejo, o prazer, sejam melhor compreendidos. O que vai fazer com que todos saiam ganhando a partir dessa deliciosa brincadeira.

Só para Homens

Responda, então: o que lhe faz sentir tesão?

É ou não uma pesquisa muito mais interessante do que as pesquisas políticas que andam rolando por aí?

Então, participe.

Deixe aqui o seu recado

%d blogueiros gostam disto: