História do casal feliz que não é mais

Este artigo é de advertência. E serve pra todo mundo. É a história do casal feliz que não é mais

Você vai entender o que eu quero dizer se ler até o final.

História do casal feliz que não é mais

Vamos começar com um momento de reflexão que vai levar a outras reflexões.

Minha saudosa mãe sempre dizia: Quem vê cara não vê coração.

No caso do amor, ou dos relacionamentos, os sábios ditados repetidos por minha mãe, aparentemente, sempre dão certo.

O que você acha desse casa da foto logo a seguir?

Lhe parece que os dois estão felizes, não é mesmo?

E estiveram felizes.

Pelo menos segundo demonstravam as notícias, durante o período em que fizeram um passeio pela costa Oeste dos Estados Unidos.

História do casal feliz que deixou de ser

Gabby Petito e Brian Laundrie e 
a história do casal feliz que não é mais

Se você é uma pessoa ligada no noticiário, já sabe que estamos falando da youtuber norte-americana Gabby Petito, ao lado de Brian Laundrie.

Juntos, eles fizeram um passeio animado  em junho  deste ano de 2021.

E compartilhavam a experiência em vídeos postados nas redes sociais.

Sempre sorridentes e felizes.

Até que, em 30 de agosto, Gabby parou de se comunicar com sua família.

Gabby e Brian protagonizaram a história do casal que era feliz e não é mais

No dia seguinte, Brian voltou sozinho para casa e não informou à família o paradeiro da noiva.

Isso mesmo. Eles eram noivos. E ela, ainda muito jovem, acabou sendo assassinada.

Depois disso, o noivo, que sumiu durante um mês depois que ela morreu, acabou aparecendo morto. E a polícia concluiu que foi suicídio.

Quem acompanha o nosso canal e o site Recado Secreto sabe que eu não gosto de falar em coisas tristes. E, muito menos, em tragédias.

Histórias tristes de casais antes felizes que deixam de ser

Mas, com frequência cada vez mais assustadora, essas tragédias ocorrem. E eu nem vou citar todas sobre as quais eu li no noticiário, porque este artigo se tornaria mais triste ainda.

O que eu quero manifestar é a minha convicção de que as pessoas estão deixando de valorizar a vida.

Porque todos os casos que ocorrem frequentemente são muito preocupantes.

Com o desfecho dessa história verídica, não foi possível, pelo menos até onde chegou a ser divulgado, saber se foi o noivo que matou Gabby Petito, com quem andou brigando, segundo também as notícias que se tinha dos dois.

O fato, segundo ainda o noticiário, é que ele não chegou a ser considerado suspeito pela polícia.

Não se sabe, também, se ele se matou devido a essa história trágica, embora feliz de início, que ele viveu.

Se foi por esse motivo, o que deve ter levado Brian ao suicídio foi, provavelmente, a depressão.

E é sobre isso que queremos que você reflita.

Não sei se você conhece as estatísticas. Mas, no mundo todo, pessoas morrem por depressão.

Só no Brasil são 28 mortes por dia.

E a depressão se tornou a principal causa de incapacidade para o trabalho em todo o planeta.

É um número assustador.

A estimativa é de que mais de 300 milhões de pessoas, de todas as idades, sofrem com a doença em todo o mundo.

Um número significativo de pessoas deixa o emprego porque estão deprimidas e não conseguem trabalhar.

E é a pura verdade: as pessoas perdem a capacidade de fazer qualquer coisa. Mesmo as mais simples.

Uma das razões que fazem esses números se tornarem tão assustadores é o estigma de que consultar um médico especializado em doenças desse tipo significa que a pessoa está louca.

É um preconceito que tem que ser combatido. O que salvaria muitas vidas.

As pessoas também confundem tristeza com depressão.

Podemos estar tristes por muitos motivos. Mas podemos estar sofrendo de depressão e achar que é só tristeza.

Até porque, muitas pessoas preferem acreditar, mesmo, que estão apenas tristes, devido exatamente a esse estigma e a todos os preconceitos que cercam essa doença.

E precisamos repetir: tristeza é apenas um sentimento por algo desagradável, triste ou trágico, que pode aparecer na nossa vida.

Mas isso não é doença.

No entanto, tenha certeza: a depressão é uma doença.

Que pode surgir de repente.

Mesmo sem um motivo aparente.

Mesmo que a pessoa não consiga explicar por qual motivo está deprimida.

E é uma doença que pode matar. Mas que tem tratamento.

Então, se você está deprimido, ou deprimida, não confunda com tristeza.

E, se conhece alguém que está deprimido, recomende este artigo para essa pessoa.

Você pode salvar vidas.

A sua vida.

E a de outras pessoas também.

E-book GRÁTIS: É possível encontrar o relacionamento ideal para curtir com prazer e felicidade sua vida amorosa?

Gerson Menezes

Escritor (com 9 livros publicados), jornalista, empresário, professor universitário (durante 10 anos), empreendedor digital e youtuber. Os livros podem ser encontrados na livraria virtual Amazon e na Thesaurus Editora.

Website: https://recadosecreto.com.br

    Deixe aqui o seu recado